• Hamasul News

Seis dicas para realizar uma boa assembleia

A assembleia de condomínio é rotina nos prédios. É o momento de administração e condôminos se encontrarem para deliberar sobre assuntos importantes e relevantes para o condomínio e seus moradores. Entretanto, se não for bem organizada e preparada, pode ter baixa presença de proprietários, duração além do tempo estabelecido, se tornar um momento estressante, com brigas e sem decisões previstas, comprometendo os resultados pretendidos ou até piorando a situação existente. Separamos cinco dicas para tornar sua assembleia mais proveitosa:


Prepare a assembleia antes

O síndico deve preparar juntamente com a administradora os assuntos a serem debatidos, informando-os aos moradores no edital de convocação e disponibilizando todo o material possível antes da reunião. Isso ajuda que ela ocorra de forma tranquila e mais focada, pois moradores já podem se preparar quanto às suas dúvidas e chegar informados para o debate.


Comunique a assembleia com clareza

A convocação deve ser feita como manda a legislação e convenção condominial – sob pena de serem invalidadas judicialmente caso não ocorram assim. É importante lembrar aos moradores que sua presença é fundamental e que os ausentes, por lei, acatam com as decisões tomadas pelos presentes. A internet pode ser uma boa aliada nesse momento.


>> Clique aqui para ler o que já escrevemos sobre comunicação no condomínio.


Prepare o ambiente

Receber bem os condôminos é um ponto chave para manter um clima agradável e sem brigas. Música ambiente e um cafezinho podem ajudar a integrar todos e preparar os ânimos. A reunião também deve começar na hora marcada, em respeito aos presentes e para que não atrase no seu término.


Firme combinados com todos antes do início da assembleia

Isso ajuda a fazer com que a reunião transcorra de forma tranquila. Alguns combinados podem ser desligar ou silenciar celulares, levantar a mão para tomar a palavra, não interromper o outro ou seguir com os assuntos na pauta. Também deve ser escolhido um presidente da mesa, que seja alguém que se sinta confortável – já que terá de conduzir a reunião – e que seja educado e objetivo.


Lidando com interrupções e assuntos fora da pauta

Uma boa maneira para que interrupções não tomem mais tempo e prolonguem a discussão é estabelecer um limite de tempo em minutos para que cada um possa falar. O presidente da mesa também deve ficar atento aos assuntos em pauta, explicando quais podem ser tratados de maneira individual em outro momento e manter o foco nos assuntos que foram previamente acordados para serem abordados.


Dê continuidade ao que foi discutido na assembleia

De nada adianta fazer assembleias e o síndico não dar continuidade e tratamento às questões levantadas nela. As demandas ali tratadas, sejam de interesse coletivo ou pessoal, devem entrar no cotidiano do síndico e serem tocadas no dia-a-dia do condomínio. Assim se faz uma boa administração!

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo