top of page
  • Foto do escritorHamasul News

A NOVA CARA DA HAMASUL

Nova sede, jornal e novo braço de negócios: o que há de mudanças na nova fase da sua administradora

Os sócios da Hamasul, Paulo Wiazowski e Antônio Carlos Gimenes em frente da fachada do novo prédio.
Os sócios da Hamasul, Paulo Wiazowski e Antônio Carlos Gimenes em frente da fachada do novo prédio.

Em 1998, motivada por uma demanda crescente no litoral por administração de condomínios com qualidade e por mão-de-obra qualificada no ramo, era fundada a Hamasul. Hoje, no ano em que completa 20 anos de existência, a Hamasul celebra também uma nova fase: uma completa reestruturação interna operacional e de atendimento, de comunicação visual e de marca e em nova sede, que comemora o tempo de existência e também celebra os novos negócios nos horizontes da empresa.


“A Hamasul surgiu inicialmente pela necessidade de mercado, por conta do crescimento do processo de verticalização na cidade de Mongaguá. Criamos a empresa para oferecer um serviço totalmente diferenciado”, explica Paulo Wiazowski Filho, sócio da empresa. “Se conseguimos ter essa credibilidade e estar no mercado há mais de 20 anos, é por conta dessa vontade de sempre buscar o novo, de prestar um serviço de qualidade e, principalmente, por essa paixão que temos pelo segmento de condomínios”.


Antonio Carlos Gimenes, também sócio da Hamasul, complementa. “O essencial durante todo o tempo de gestão da empresa foi, sem dúvida, formar uma boa equipe, que é motivada, preparada e que contribuiu para a consolidação do bom serviço prestado. Nosso objetivo é atender plenamente às necessidades crescentes de nossos clientes com qualidade, transparência, comprometimento e profissionalismo”.


Foi a união dos dois sócios, vindos de trajetórias diferentes - Gimenes, administrador com especialização em RH e Administração de Condomínios, com larga experiência em grandes empresas, especialmente no ramo de telefonia, onde trabalhou por mais de 25 anos na antiga Telesp, em carreira técnica e gerencial nas áreas de Marketing, Serviços e Recursos Humanos; e Paulo, da gestão pública, tendo sido eleito Prefeito de Mongaguá em 2008 e 2012 - que permitiu ter, como eles mesmo chamam, uma “visão global”. Foram o pensamento estratégico e esse cuidado com o cliente que permitiram tornar a Hamasul uma referência do ramo no litoral paulista: hoje, atende mais de 250 condomínios residenciais, comerciais e mistos, espalhados em cinco municípios (Itanhaém, Mongaguá, Praia Grande, Santos e São Vicente), que envolvem uma população em torno de 13.000 pessoas, entre clientes e parceiros.


NOVA FASE

Para melhorar ainda mais sua eficiência e eficácia, a Hamasul acaba de reestruturar sua operação. A principal alteração é no chamado Núcleo de Condomínios, que passa por uma mudança a fim de facilitar o atendimento aos síndicos e moradores. "Agora, além de ter um gerente dedicado, cada síndico também possui à sua disposição um assistente de atendimento dedicado, que poderá dividir e absorver tarefas do gerente, ganhando autonomia para tratá-las, a fim de dinamizar o processo de atendimento e otimizar o tempo de resposta às demandas", explica Marcos Eduardo Silva, coordenador do núcleo. Para os moradores e condôminos, uma equipe de cinco pessoas fica à disposição para realizar o atendimento pessoal. Uma nova equipe dedicada exclusivamente à produção também ajudará a facilitar o dia-a-dia, tomando conta do envio de correspondências, envio de segundas vias de boletos e documentações no geral. Para completar, um advogado e outros dois profissionais estão exclusivamente dedicados às cobranças e acordos. “O núcleo está muito melhor estruturado para o atendimento. Com essas mudanças, desejamos fornecer muito mais agilidade”, explica Lucas Gimenes, coordenador gerencial.


Com o objetivo de refletir este novo momento da empresa, também foi revista toda a comunicação visual da empresa, que ganhou ares mais sóbrios, e um tom mais moderno e corporativo. Ganhou um novo site, acompanhado por nova padronização de cores e tipografia, e um novo instrumento de comunicação: o Hamasul News, jornal que é entregue para os síndicos que trabalham com a administradora.


UMA SEDE PARA CHAMAR DE SUA

Toda a operação física da Hamasul mudou de endereço: o novo edifício que abriga o escritório e os funcionários também está com estrutura nova para receber os clientes. Visando a comodidade e funcionalidade, o novo prédio possui espaço para estacionamento, recepção mais ampla, com espaço físico separado para receber entregas e fornecedores, e três salas de atendimento no térreo, evitando a locomoção por escadas. Os setores também foram divididos, e o núcleo de condomínios, que gerencia e faz atendimento aos síndicos, está apto para recebê-los diretamente no setor, onde oferece a ele mais privacidade.


O projeto arquitetônico da nova sede acompanha a repaginada no visual da marca. “Estamos trazendo uma nova Hamasul para a baixada, algo que vai além do projeto arquitetônico da nova sede. Estamos reformulando a identidade visual da empresa, como ela é vista externa e internamente”, explica Jéssica Dittrichi, arquiteta que foi responsável por redesenhar a marca e pelo projeto arquitetônico para o novo prédio. Segundo ela, o conceito do projeto baseou-se em harmonizar essa sobriedade e modernidade da nova marca ao desenho das peças físicas para o escritório. “A sobriedade se deu através das cores, onde utilizei tons de cinza e preto para composição, mantendo os móveis neutros, dando oportunidade para destaque de objetos pontuais, como as poltronas da diretoria. A modernidade do projeto acontece no desenho da marcenaria, onde trabalhei com tampos flutuantes e com um desalinhamento proposital na composição das estações de trabalho, como a estação da recepção (foto abaixo). Como resultado, temos uma arquitetura que reflete a linguagem da marca, a imagem de uma empresa sólida e contemporânea”.


Veja algumas fotos da nova sede e do veículo:

OS NOVOS HORIZONTES

O objetivo é nunca parar de crescer. A Hamasul planeja, para os próximos anos, expandir os negócios, oferecendo serviços que complementem ao do seu ramo de atuação. Um dos negócios a ser implementado é um serviço de imobiliária: um novo braço de negócios, que atuará também dentro da baixada santista. Com a expansão para outros possíveis ramos de atuação - sempre relacionados a área de edifícios e condomínios -, a empresa buscará unir sua experiência e expertise para oferecer novos serviços a fim de facilitar a vida do seu atual cliente. •

(Crédito das fotos: Marcelo Guedes.)

542 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page