• Hamasul News

A IMPORTÂNCIA DO TREINAMENTO NO SERVIÇO TERCEIRIZADO

A contratação de um serviço terceirizado de funcionário de limpeza, portaria e segurança para o prédio pode ser uma ótima solução para resolver o problema do processo de seleção e contratação de pessoal pelo próprio síndico, além de ser uma “mão na roda” para nos casos de coberturas de férias, licenças e ausências por doença, já que a empresa terceirizada fica responsável por substituir o funcionário e o serviço não fica descoberto. Além disso, é fato que a terceirização reduz custos e torna inexistente o passivo trabalhista ou vínculo empregatício para o prédio. Mas um dos aspectos mais importantes para o sucesso desta relação harmoniosa entre funcionários terceirizados prestadores de serviço e os prédios está no treinamento que a empresa terceirizada fornece para prepara-los.

Uma das formas que o síndico tem para se assegurar da qualidade da qualificação profissional nos terceirizados é entender como funciona o processo seletivo e o treinamento dos funcionários. “É mais fácil confiar em empresas que possuem critérios de contratação cuidadosos e treinamentos com metodologias próprias”, explica Rita Pupo, coordenadora de Depto. Pessoal e RH da Predial Star, empresa especializada em terceirização. “Na Predial Star, além de termos reputação ilibada, priorizamos para que nossos funcionários estejam capacitados para atendimento, desde a controladoria de acesso que preza pela segurança, até a execução com excelência na parte de limpeza e manutenção”.



Funcionários da empresa Predial Star em treinamento no local de atuação dos prestadores.

Desta forma, é importante que a empresa forneça treinamentos adequados não só de preparação para a função, mas também de manutenção e atualização. No caso da Predial Star, estes treinamentos são possíveis de serem feitos inclusive in loco, no local onde o funcionário irá atuar ou já atua, facilitando assim a assimilação do conteúdo com o seu dia-a-dia.


“Buscamos sempre adaptar o treinamento de acordo com o perfil de cada condomínio, analisando a convenção e regulamento interno do prédio, e considerando suas particularidades”, explica Rita. Este é um passo muito importante para adequar a prestação de serviço à necessidade de cada cliente. “Após identificar a necessidade do prédio, é preparado o material didático, com apostilas e slides voltados para cada função, buscando aplicar as normas de segurança individuais e coletivas previstas em NRs (normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho), e também reforçando a excelência no atendimento. Além de todo o treinamento técnico voltado à cada função, os empregados também são orientados em como proceder em possíveis situações emergenciais”.

Para não errar na escolha, o síndico que deseja contratar uma terceirizada deve ainda pesquisar e procurar referências de outros clientes.

45 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo