• Hamasul News

Dicas de prevenção à Covid: aumente sua imunidade

A Covid mudou as formas de nos relacionarmos. Os cuidados com a higienização pessoal e de ambientes precisam ser reforçados a todo o momento, principalmente quando se trata do convívio em espaços coletivos. Entre eles, os condomínios, onde há grande fluxo de pessoas no mesmo espaço. Síndicos, moradores e visitantes devem colocar em prática as orientações dos órgãos de saúde, tornando-as parte de suas rotinas e obrigações. Dentre elas, estão a higienização das mãos com água e sabão e também com álcool gel 70%, a utilização de máscaras de proteção nos ambientes comuns e, também, é preferível optar pela utilização das escadas sempre que possível, pois elevadores oferecem maiores riscos de contaminação. Locais onde há muita circulação de pessoas, como recepções, elevadores e escadas com corrimão devem passar por limpezas constantes e também deve-se disponibilizar orientações e frascos de álcool 70% para residentes e colaboradores.


É importante lembrar que deve-se evitar aglomerações de qualquer tipo: visitas, reuniões, eventos e festas. Estes encontros devem ser remarcados para outros momentos ou pode-se optar por encontros à distância, com as videochamadas. Em casos de necessidade extrema, a orientação é organizar os encontros em locais abertos e ventilados, com distanciamento mínimo de 1 metro entre os assentos e uso obrigatório de máscara de proteção entre os participantes.


Além disso, vale seguir algumas dicas extras para aumentar a imunidade e ajudar com a recuperação da covid. Para melhorar nossa saúde, aumentar a nossa imunidade e nos prevenir de doenças, o ideal é buscar ajuda de um médico especialista, mas alguns hábitos que trazem benefícios à saúde devem fazer parte de nossas rotinas: prática de atividade física (mesmo que dentro de casa), técnicas para melhorar o sono (como meditação), e evitar o consumo em excesso de café, açúcares, glúten, lactose e frituras, que são alimentos que atrapalham na absorção das vitaminas minerais e antioxidantes. É interessante investir no shot da imunidade todos os dias pela manhã ainda em jejum: ¼ de água, 3 gotas de própolis, meio limão e uma colher de café de cúrcuma em pó.


E por último e não menos importante, dar bastante atenção à vitamina D e Zinco. Estudos realizados recentemente indicaram que a Vitamina D e o Zinco são grandes aliados no combate e prevenção ao coronavírus. O Zinco teria um efeito protetor na proliferação do COVID nas células humanas, e vitamina D tem um grande impacto na saúde, e pacientes com maior nível possuem menos chances de ser contaminado pelo vírus ou tem uma recuperação mais rápida. Tomar sol por cinco minutos e/ou suplementar com comprimido ajuda a regular o nível de insulina, previne a osteoporose, tumores, depressão, ansiedade.


Reforçando que a suplementação dessas vitaminas é válida, mas não substitui a boa alimentação acompanhada de outras práticas de prevenção e vida saudável como: atividades físicas, uso de máscara, álcool gel, entre outros.



Fernanda Cortez é Nutróloga, formada em Ciências Médicas pela Faculdade Santa Marcelina; estágio pela Harvard Medical School; pós-graduada em Nutrologia pela ABRAN (Associação Brasileira de Nutrologia); e pós-graduanda em Nutriendocrinologia Funcional.

19 visualizações0 comentário