• Hamasul News

Alta-temporada e a contratação de mão-de-obra terceirizada


Uma das épocas em que mais se contrata mão-de-obra nos condomínios do litoral é entre novembro e fevereiro – momento em que a alta temporada traz muitos veranistas para apartamentos que passam a maior parte do ano fechado. Muitos síndicos têm optado por um modelo de mão-de-obra terceirizada para facilitar a gestão pessoal durante esse período. Para entender melhor como funciona esse fenômeno, conversamos com Ricardo Martins da Cunha, Coordenador de RH da Predial Star, empresa especializada em mão-de-obra terceirizada no litoral paulista.


Me fale um pouco de sua carreira e trajetória profissional e qual o seu histórico no ramo de terceirização.

Comecei como estagiário em condomínio, e depois fui ser gerente de locação de imóveis. Fui auxiliar de depto. pessoal e, mais tarde, me tornei encarregado de RH. Posteriormente, passei a ser gerente de atendimento de condomínio, onde fiquei por longos quinze anos, e atualmente sou gestor de RH. Meu histórico no ramo de terceirização passa pela implantação, manutenção e consolidação deste novo modelo de gestão de pessoas.


Entre novembro e fevereiro (até passar o carnaval), costuma-se ser necessário contratação de funcionários extras, visto que a demanda no uso dos prédios cresce por conta das férias de verão. Qual a vantagem de se contratar esse funcionário de forma terceirizada?

Sim, é imprescindível o reforço da mão-de-obra neste período em que a ocupação de condôminos e visitantes aumentam sensivelmente. E a utilização de modelo terceirizado visa evitar dissabores com gestão direta, riscos trabalhistas, falta de capacitação. Uma empresa séria de terceirização proporciona isto e muito mais, fazendo com que o síndico do condomínio e seu corpo diretivo direcionem esforços ao que interessa, que é proporcionar o aumento da integração e harmonia entre condôminos e visitantes.


Quais os cuidados que se deve ter na hora de escolher uma terceirizada?

A escolha de uma empresa terceirizada passa por uma série de análises. É importante checar a sua estrutura, sua capacidade financeira, sua documentação, solicitar certidões negativas, saber quanto tempo está no mercado, se possui histórico de inúmeros processos trabalhistas, seu nível de aceitação por outros clientes. Tudo isso garante com que o corpo diretivo esteja no caminho certo para tomar o passo de terceirização.


Na sua opinião, o que uma empresa terceirizada deve ter e quais os critérios deve seguir para selecionar o terceirizado?

A empresa precisa de amplo banco de currículos, fazer capacitação contínua, investir na valorização da equipe, no bem-estar dos colaboradores e ter uma direção antenada com as mudanças do mercado.


Como funcionário atuando em uma empresa de mão-de-obra terceirizada como a Predial Star, quais os desafios que você enfrenta no dia-a-dia, na gestão do terceirizados?

São muitos desafios que enfrentamos: a busca de melhoria contínua, de capacitação, de seleção de mão-de-obra da região, da personalização do nosso trabalho perante aos clientes. A compreensão dos clientes de que um modelo de terceirização não se pode ter envolvimento direto com o colaborador dando ordens e se envolvendo diretamente em questões trabalhistas e remuneratórias. Claro que o condomínio precisa fazer o acompanhamento destes itens, mas ainda temos clientes que se envolvem diretamente com o colaborador, gerando riscos maiores de vínculo direto. Isto ainda é algo a ser melhorado em muito pelos clientes. Mas sempre que saibamos desse envolvimento, a equipe gestora da Predial Star atua para orientar e minimizar estes problemas. A Predial Star é uma empresa que está há mais de vinte anos nesse mercado e foi criada com o intuito inicial de substituir mão-de-obra na ocasião de férias, pois na época os síndicos contratavam pessoal sem registro. Como o passar dos anos, a terceirização foi se tornando uma realidade e a Predial Star vem cada vez mais se solidificando neste ramo de atividade. O objetivo é sempre prestar um serviço de qualidade e com melhoria contínua.

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo